Barco Libertad - Samoa 34Barco Libertad - Samoa 34Veleiro Kuará - Multichine 31Veleiro Kuará - Multichine 31Veleiro BystraVeleiro Bystra

 

  • Samoa 36

O projeto do Samoa 36 tem por objetivo oferecer ao mercado náutico um barco de cruzeiro de alta performance para construção em fibra de vidro. Casco, convés, e mobília são basicamente fabricados com este material, de modo que o custo de produção e o tempo de fabricação ficam reduzidos.

Desenvolvemos este projeto tendo em vista em primeiro lugar a construção em sindicatos, quando um grupo de conhecidos se reúne para construir barcos idênticos fazendo uma grande economia de escala. Estes sindicatos, comuns na Europa, já foram formados no Brasil, com muito sucesso. O legendário sindicato Ajuricaba, com uma impressionante e bem construída flotilha de Samoas 29 inclusive com o mais ilustre de seus membros, o veleiro Jornal, tendo completado uma volta ao mundo, é um exemplo da viabilidade desta idéia. Outro segmento que pode se beneficiar de nosso trabalho é o ramo industrial da fabricação de veleiros.

Este segmento industrial está em pleno processo de reciclagem e uma das mais importantes prioridades para o setor é a disponibilidade de projetos de veleiros tecnologicamente avançados.

Ao lançarmos no mercado o desenho de um barco cujo conceito tem grande aceitação comercial a um preço cinco ou mais vezes menor do que o normalmente cobrado para este tipo de serviço estaremos fazendo uma pequena revolução no meio náutico empresarial. Nossa proposta é subsidiar fortemente o custo do projeto de forma a permitir que quem queira produzir este iate com alguma economia de capital e muita disposição possa implantar uma linha de produção a baixo custo, com a única restrição de não ter a exclusividade sobre o modelo. Para muitos isto não é problema algum, pois o que realmente se deseja é um modelo de alta qualidade.

Descrevemos em seguida como é o veleiro Samoa 36, começando pelo interior.O barco possui um camarote de proa com duas camas em V transformáveis em uma larga cama de casal, uma poltrona a bombordo e amplo armário de roupas a boreste. Este camarote é separado do salão social por uma antepara com porta e esta sala possui dois sofás e mesa central com abas pivotantes, fazendo o sofá de bombordo um elegante desenho arredondado em forma de U. Atrás dos encostos de cada sofá, armários com estante central conferem um acabamento e um conforto pouco comuns em barcos de série.

No mesmo ambiente do salão estão colocados a cozinha a bombordo e a mesa de navegação do outro lado. A bancada da cozinha possui uma geladeira e uma superfície livre para colocação de travessas ou o que se precise colocar sobre esta bancada. Um recesso em frente às pias tira o cozinheiro da projeção transversal do fogão, um fator extra de segurança.

A bancada se estende até a linha de centro do barco e sob ela fica embutida uma lixeira. Existe ainda lugar para o compressor da geladeira e ainda sobra espaço para panelas e material de cozinha. Junto ao costado dois armários se estendem desde cima do nível da bancada até o convés onde se podem guardar mantimentos e utensílios. O compartimento de navegação a boreste é tão espaçoso que permite a colocação da mais completa instrumentação sobrando ainda espaço para uma carta náutica, quando isto for necessário. O painel de distribuição de eletricidade está posicionado na lateral do banco do navegador, e o armário na lateral da mesa de navegação abriga rádios e outros equipamentos eletrônicos.

O banheiro de bordo fica posicionado à ré do compartimento de navegação. Em sua área central fica instalada a ducha, e para a ré da privada existe um compartimento suficientemente grande para abrigar um gerador, dessalinizador , dinghy inflável e ainda sobra espaço para estocar equipamentos em prateleiras junto ao costado.
A bombordo está posicionado o camarote nobre do barco, com uma das camas de casal das mais largas que se possam encontrar, um sofá bem confortável uma mesinha de cabeceira além de ótimos armários e estantes junto ao costado. Uma vigia de abrir no espelho de popa deixa o ar circular na cabine de popa seguindo o fluxo natural de circulação de ar o que é extremamente importante para uma boa ventilação.

Externamente o Samoa 36 se caracteriza principalmente pelo equilíbrio entre cockpit, cabine e convés de proa. A cabine com uma gaiuta na parte central do espelho de vante, duas pequenas gaiútas no teto, duas vigias de abrir nas laterais da cabine e mais quatro janelas deixa passar luz e ventilação natural como em poucos veleiros. Para vante a lateral é apenas um pequeno ressalto, o que não tira de forma alguma a impressão de convés corrido mas que funciona como apoio para o pé quando o barco está adernado e melhora o pé direito em baixo desta parte da cabine.

O cockpit com roda de leme é aberto para a plataforma de popa, tendo um banco para o timoneiro que pivota abrindo passagem para quem entra ou sai do barco. No assento de boreste do cockpit existem duas tampas de acesso, uma mais a ré para um compartimento estanque dos botijões de gás e outra ligada ao grande depósito localizado atrás do banheiro.

O plano vélico do Samoa 36 é típico de um veleiro de cruzeiro de alta performance. O mastro possui dois pares de cruzetas flechadas para a ré e quatro brandais de força numa armação em sloop. Com 57,4 m2 de área vélica, este veleiro ainda é simples de ser manobrado e pode ser conduzido por uma tripulação reduzida. O traveller da escota da vela grande estando localizado no teto da cabine deixa desimpedido o lugar do dodger envolvendo a entrada da gaiuta principal. No cockpit e assim mesmo por fora das braçolas, só existem as duas catracas primárias das escotas da vela de proa, além da bitácula da roda de leme e sua mesinha basculante.

Com excelente autonomia de água e combustível, leme leve e equilibrada dentro da tradição de nossos projetos e quilha bulbosa de calado reduzido, o Samoa 36 é um dos primeiros veleiros de fibra de vidro que projetamos para o século XXI.

Samoa 36

 

Características Principais - Dimensões

Comprimento Total:

11.00 m

Comp. de linha d'água efetivo:

9.20 m

Boca máxima:

3.84 m

Calado:

1.55 m (Quilha c/ Bulbo)

Lastro:

2250 kg

Deslocamento efetivo:

6500 kg

Cap. dos tanques de água doce:

500 l

Cap. dos tanques de óleo diesel:

170 l

Pé direito máximo:

2.0 m

Motorização:

40 hp

Área vélica:

57.42 m2

Método Construtivo:

Fibra de vidro

Mais detalhes deste projeto em: